4+1 músicas INCRÍVEIS do Linkin Park (e porque precisamos falar sobre depressão) ♥

Na última quinta-feira, 20/07, o mundo recebeu a notícia da morte o vocalista do Linkin Park, Chester Bennington, um cara que, como algumas outras estrelas do rock, influenciou toda uma geração e trazia relevância ao estilo até os dias de hoje.
Foi mais surpreendente então, saber que o vocalista sofria de uma depressão profunda, doença que o levou ao suicídio, deixando sua esposa, seis filhos e uma legião de fãs desolados.
Eu poderia passar uma vida listando nomes de pessoas que, com essa doença, acabaram por tirar suas próprias vidas, mas esse não é um post sobre isso.
Esse post é sobre FALARMOS das doenças emocionais.
Precisamos entender, de uma vez por todas, que todas as pessoas passam por momentos difíceis, mas que muitas delas não sabem como lidar com isso.
Precisamos demonstrar mais E M P A T I A.
9fbfab2718bf9239e72bbfb9520a39efÉ fundamental que saibamos conseguir sentir o que o outro passa.
Abraçar os sentimentos bons e ruins está dentro da capacidade do ser humano, mas mais do que isso, está a capacidade de SENTIR PELO OUTRO!

Vale lembrar que:
Se você estiver passando por um momento desses, o CVV – Centro de Valorização a Vida, conta com várias pessoas prontas para te ajudar!
Ligue 141!
Acesse o site deles!
Peça ajuda!

Claro que esse papo me deixou com vontade de prestar uma mini-homenagem a esse cantor que foi parte da minha adolescência, que embalou tantos momentos de toda uma geração com suas letras f*das e seu som tão único, listando 4+1 músicas INCRÍVEIS do Linkin Park que marcaram minha vida!

Crawling

Faint

Castle Of Glass

In The End

Numb

*

Fica aqui o alerta, a homenagem e minha mão estendida a todos os que precisarem de um carinho amigo.
A vida é curta. Curta!

beijos ♥

Anúncios

6 comentários sobre “4+1 músicas INCRÍVEIS do Linkin Park (e porque precisamos falar sobre depressão) ♥

  1. Amei Verinha! Li ontem um post parecido, mas ao mesmo tempo diferente, da Lari. Não era muito fã da banda, mas achei muito lindo o exemplo que todos, inclusive Chester, deram a respeito das “questões da mente”, em suas canções e também em suas palavras e entrevistas.
    E sim, precisamos nos abrir mais pra essas questões como a depressão, saber que é normal acontecer e que não precisamos ficar sofrendo calados… Não precisa terminar como terminou pro Chester, tem saída!
    Ah, ouvindo as músicas que você colocou, até que gostei! Muito bons eles!
    Xero

    Curtido por 1 pessoa

Conta pra mim o que você achou?!♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s