#beda29 – Aleatoriedades #17 ♥

Warning: Esse é um post completamente aleatório cheio de pensamentos malucos em uma sequência nada ordenada. Porque sim. (se vocês curtem esse tipo de post, não esquece me falar aqui embaixo, nos comentários).

 Que dizer desse mês de #BEDA que está acabando?
Parafraseando Luciano Huck: ‘Loucura, loucura, loucura’, né nom?!
Preciso confessar que adoro ver os #BEDA’s alheios, mas quando é pra participar, aguenta coração!

Aproveitando o gancho, preciso refletir sobre essa turbulenta vida que temos levado.
Só o que vejo aqui nas interwebs são migxs falando sobre como é cada vez mais difícil manter um emprego, vida social, atualizações nos bloguinhos, redes sociais, participar de projetos, fazer o que gosta nos momentos de lazer, enfim, quanto é mais difícil tentar abraçar a tudo e mais um pouco, sem perder nada.
Será que é um mal da nossa geração?
Sempre me pego refletindo sobre isso quando percebo que tô há 20 minutos fuçando o #Instagram da prima-da vizinha-do melhor amigo-do primo-do meu pai.
A real é, que o que importa no fim das contas, é estarmos felizes com o que estamos fazendo, por isso acho o #BEDA tão gratificante!

 *

Queria aproveitar o post pra indicar 3 leituras MARAVILHOSAS e feministas dessa semana, posts realmente imperdíveis daqueles que eu leio e fico pensando: ‘Que mulheres fodas, quero ser como elas!’.
ESSA resenha sincerona e cheia de aprendizados para escritores futuros da Mari do ‘Pequenos Retalhos’.
‘O feminismo é questão de tempo’ do Think Olga ♥
”Você não é como as outras’ – Mulheres Extraordinárias’ do Nó de Oito ♥
#GRLPWR sim!

Para encerrar, deixo vocês com essa pérola da rainha do mundo (AKA: Cher ♥), que resume como me sinto quando alguém fala que precisamos dos homens para viver (ou para qualquer outra coisa):

beijos de luz

Anúncios

4 comentários sobre “#beda29 – Aleatoriedades #17 ♥

  1. Vera, esse lance de não dar conta de fazer tudo o que quer/precisa/deve é mesmo uma questão bem presente. E eu tenho percebido essa coisa do tempo que andamos perdendo nas redes sociais: quando me dou conta gastei uma hora inteirinha rolando a tela no Facebook vendo quase nada de realmente interessante. Mas pra mudar esses hábitos preciso fazer certo esforço, confesso. Mesmo sabendo que tem muita coisa legal pra fazer no mundo real é bem difícil desprender do virtual.

    Vou dar uma olhadinha nas recomendações, e sobre a Cher: ♥

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    • é fogo, não Oli?
      Pra maio estou me instaurando no desafio de desgrudar um pouco do celular e tentar me entreter com outras coisas.. isso tem inclusive atrapalhado meu sono, sabe? Me impor limites próprios pra tentar sair desse looping.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Nossa, me definiu! Adquiri ansiedade por causa dessa pressa e milhares de obrigações diárias, muitas vezes, quando vou dormir, não consigo pois minha mente não quer parar de funcionar, pode?
    Parece que essa vida frenética que levamos não é tão benéfica assim. Queria MUITO poder desacelerar e aproveitar as coisas com mais calma… Já consegui uma vez, quem sabe consigo de novo!
    Xêro

    Curtido por 1 pessoa

    • Mari, eu também!
      Queria falar mais disso, mas é complicado porque cada caso é um caso, né?
      Mas também to sempre buscando ‘escapes’ saudáveis pra minha ansiedade que é tensa.
      Vamos falar mais disso?
      Se você precisar de qualquer coisa, conte com sua amiga de longe rs
      beijocas ♥

      Curtido por 1 pessoa

Conta pra mim o que você achou?!♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s