Filmes Assistidos! #32

É nesse post (MENSAL!) que eu reúno tudo o que assisti zapeando o Netflix ou a TV atrás de filmes legais.

Legenda de Classificação
☆☆ – Bom, mas não assistiria de novo;
☆☆☆ – Bom;
☆☆☆☆ – Muito bom;
☆☆☆☆☆ – Já quero na coleção! ♥
(Todas as sinopses são pelo ‘Adoro Cinema’).

La La Land – Cantando Estações (2017)

Sinopse:
 ‘Ao chegar em Los Angeles o pianista de jazz Sebastian (Ryan Gosling) conhece a atriz iniciante Mia (Emma Stone) e os dois se apaixonam perdidamente. Em busca de oportunidades para suas carreiras na competitiva cidade, os jovens tentam fazer o relacionamento amoroso dar certo enquanto perseguem fama e sucesso.’
Estrelinhas: ☆☆☆☆☆
O filme e o enredo: Claro que eu iria citar ‘La La Land’ aqui no blog em algum momento, né? Afinal, que filme incrível!
Visualmente bonito e bem feito, com uma trama simples, aos primeiros olhos, mas cheio de nuances que circulam entre a fantasia e a realidade, com o bônus de homenagear a tantos longas musicais da história de Hollywood.
Além disso tudo, é preciso citar a direção impecável. Uma edição primorosa, que traz aquela sensação (que já tivemos em ‘Whiplash’, lembram?), de que, cada cena é pensada e repensada, mesmo com a naturalidade como é passada.
O elenco: Não acho Emma Stone (‘A Mentira’) a maior das atrizes do cinema, mas achei a escolha perfeita para o papel, que requeria alguém que pudesse trazes uma Mia contida e espalhafatosa ao mesmo tempo. Sobre Ryan Gosling (‘O Diário de Uma Paixão’), fiquei com a mesma sensação: ator mediano para não se sobressair ao seu Sebastian.
A química do casal é quase o terceiro intérprete da trama e mostra o que uma grande direção aliada a um entrosamento (eles já estiveram juntos em longas outras 3 vezes), pode resultar.
Considerações finais: Um filme lindo. Impecavelmente dirigido, com uma história de fundo romântica que afasta e traz pra realidade com uma sutileza ímpar.

Lion – Uma Jornada Para Casa (2017)

Sinopse:
 ‘Quando tinha apenas cinco anos, o indiano Saroo (Dev Patel) se perdeu do irmão numa estação de trem de Calcutá e enfrentou grandes desafios para sobreviver sozinho até de ser adotado por uma família australiana. Incapaz de superar o que aconteceu, aos 25 anos ele decide buscar uma forma de reencontrar sua família biológica.’
Estrelinhas: ☆☆☆☆☆
O filme e o enredo: Sou suspeita por amar filmes com ambientações diferentes, como é o caso de ‘Lion’, mas que filme INCRÍVEL.
Já estava com muita vontade de assisti-lo por saber que Dev Patel estava no elenco, mas não esperava um filme tão intenso, tão denso, tão cheio de delicadezas, mesmo com drama forte que encorpa o enredo.
Fora sua fotografia IMPECÁVEL que emociona, que toca na alma, seus diálogos que são tão singelos e sua edição, com cortes memoráveis.
O elenco: Dev Patel (que amo MUITO desde ‘Quem Quer Ser Um Milionário?’) está maravilhoso, mas é preciso citar sua versão mini Sunny Pawar, que é provavelmente a coisa mais fofa que você vai ver pelas telonas do mundo nos próximos anos!
Além dessa dupla maravilhosa, é preciso falar de Nicole Kidman (que dispensa apresentações), que está incrível no papel e por ele, ganhou a indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2017.
Considerações finais: Chorei do começo ao fim do longa. Horas por emoção, horas por tristeza, horas por emoção de novo, depois por tristeza e emoção juntas e depois mais um pouco, por emoção.
Vale MUITO a pena pela história, pela delicadeza e pelas atuações.

Procurando Dory (2016)

Sinopse:
‘Um ano após ajudar Marlin (Albert Brooks) a reencontrar seu filho Nemo, Dory (Ellen DeGeneres) tem um insight e lembra de sua amada família. Com saudades, ela decide fazer de tudo para reencontrá-los e na desenfreada busca esbarra com amigos do passado e vai parar nas perigosas mãos de humanos.’
Estrelinhas: ☆☆☆☆
O filme e o enredo: Que delícia ter esse universo de volta. Reencontrar Nemo, Marlin e alguns outros personagens do saudoso ‘Procurando Nemo’, já é um bom motivo para assistir a animação.
Claro que o longa não traz grandes novidades, mas o destaque a coadjuvante é uma grata surpresa por proporcionar entretenimento PURO.
O elenco: Amei os novos personagens! Já valeria a pena só por eles.
Considerações finais: O longa cumpre o papel direitinho. Carregado de nostalgia, com uma animação linda e cores que saltam aos olhos, vale a pena pelos aprendizados sutis na mensagem final.

Rua Cloverfield, 10 (2016)

Sinopse:
 ‘Uma jovem (Mary Elizabeth Winstead) sofre um grave acidente de carro e acorda no porão de um desconhecido. O homem (John Goodman) diz ter salvado sua vida de um ataque químico que deixou o mundo inabitável, motivo pelo qual eles devem permanecer protegidos no local. Desconfiada da história, ela tenta descobrir um modo de se libertar — sob o risco de descobrir uma verdade muito mais perigosa do que seguir trancafiada no bunker.’
Estrelinhas: ☆☆☆
O filme e o enredo: A crítica elogiou muito o longa, por isso minha curiosidade em assisti-lo.
Confesso que é quase impossível falar da trama do enredo, sem gerar nenhum spoiler, mas já garanto que o longa é cheio de surpresas e de plot-twists, sem precisar de nenhum deus ex-machina.
O elenco: Mary Elizabeth Winstead (‘Duro de Matar 4.0’) está muito bem no papel de mocinha forte e conduz com destreza os passos da moça. Ao seu lado, John Goodman (‘Show Bar’), um dos melhores atores do cinema na minha opinião, está mais uma vez impecável com uma sutileza impressionante.
Considerações finais: O longa é MUITO surpreendente e vale a pena pra quem gosta do gênero.

O Silêncio do Céu (2016)

Sinopse:
‘Diana (Carolina Dieckmann) carrega consigo um grande trauma: ela foi vítima de um estupro dentro de sua própria residência. Entretanto, ele prefere esconder o caso e não contar para ninguém. Mario (Leonardo Sbaraglia), seu marido, também tem seus próprios segredos – mistérios que, ocultos, estão matando aos poucos a relação do casal.’
Estrelinhas: ☆☆
O filme e o enredo: Quando comecei a assistir ao longa, tive a sensação de que era um filme que, apesar do drama feminino, tirava o enfoque da mulher, o que me incomodou muito. Mas, no decorrer da história, aos poucos, tudo vai se explicando e saindo e voltando ao holofote devido.
Ainda assim, fica o aviso sobre ser um filme inteiramente contado pelo ponto de vista do homem, sobre o homem e onde o que acontece com a mulher serve apenas de gatilho.
Isso tira o mérito da trama? De forma alguma, pelo contrário. Nos força a ver outro ponto de vista, que choca e expõe de forma visceral.
O elenco: Carolina Dieckmann está ótima no papel e passa uma verdade absurda, sem over-acting. Leonardo Sbaraglia (‘Relatos Selvagens’) também atua com naturalidade e traz ao personagem um ar ordinário que acrescenta muito ao resultado final.
Considerações finais: O filme vale como uma grade reflexão sobre o dia a dia e sobre como algumas coisas impactam de formas diferentes, mesmo as pessoas que mais se amam.
Onde assistir? ‘O Silêncio do Céu’ está disponível no Netflix!

*

Se você já assistiu algum dos filmes acima, me conta nos comentários se achou a mesma coisa que eu ou tem alguma consideração diferente a fazer!
Vamos conversar!

beijos♥

Anúncios

5 comentários sobre “Filmes Assistidos! #32

  1. Acho que todo mundo estava ou está morrendo de vontade de ver La La Land, né? No meu caso, ainda estou na vontade, pois não passou o filme aqui nesse lindo e pequeno município onde vivo! haha Estou sendo bem humorada, mas to com muuuita raiva! :(
    Ah, Procurando Dory é incríveeeell!! Adoro filmes infantis, assisto todos, pode me pedir dicas, que dou! Brincadeira! haha
    Xero

    Curtir

  2. Quero muito assistir Lala Land <3 e eu fiquei com medo desse Rua Cloverfield, ter algo a ver com "Cloverfield o Monstro" porque esse é uma bosta kkkkk mas ótimo saber que é beeeem diferente e não tem relação. Vou assistir depois ;)

    Curtido por 1 pessoa

Conta pra mim o que você achou?!♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s