Lidos: Os livros de Fevereiro!♥

Mesmo no pós-Carnaval, não poderia deixar de vir mostrar os livros que eu li em fevereiro.
Claro que se você quiser acompanhar tudo em tempo real, é só me adicionar no ‘GoodReads’ (ainda farei um post sobre ele!) e ficar de olho no meu feed com todas as notas, todos os comentários, enfim, tudo o que eu leio, aparece por lá.

picmonkey-collage

‘O Culpado’ – Lisa Ballantyne
Editora: Record
Sinopse:‘Um crime brutal abala a pacata Islington, em Londres. Um menino de 8 anos é encontrado morto em um parquinho numa tarde de domingo. O principal suspeito é seu amigo, Sebastian Croll, de apenas 11 anos, com quem ele brincava minutos antes do assassinato. À frente do caso está Daniel Hunter, um experiente advogado que, apesar de ter dedicado anos de sua vida defendendo jovens deliquentes, desenvolve uma estranha relação com o acusado, um garoto educado e inteligente, mas é um tanto agressivo, que faz Daniel relembrar sua infância difícil e o obriga a confrontar dramas que ele pensava terem ficado enterrados do passado.’
O que eu achei: 
‘O Culpado’ conta uma história que tinha tudo pra ser um bom filme: uma trama de passado e presente que se encontram e um crime a ser resolvido.
Eu comecei o livro empolgada, os primeiros capítulos são permeados pela atmosfera envolvente do crime que acontece no tempo presente e, a mistura de memórias do passado, mas confesso que no segundo terço do enredo, a marcha lenta que dita o ritmo dos acontecimentos foi me deixando sonolenta e com alguma sensação de estagnação.
Ainda bem que o livro se recupera no último terço, retomando o ritmo inicial frenético e com reviravoltas incríveis.
Achei que vale a pena por ser um livro sequinho, sem muitos personagens, sem uma narrativa difícil e sem se perder no tom. Além disso, a trama fica bem desenhada, mesmo sem aqueles malabarismos pra ser um super suspense/drama.

‘Um Caso Perdido’ – Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Sinopse:‘Sky cataloga garotos como sabores de sorvete. Alguns são baunilha, outros um pouco mais ousados. Mas nenhum a empolga. Em seu último ano de escola, conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.’
O que eu achei: 
Colleen Hoover tem sido uma autora frequente nas minhas leituras desde que a descobri. Tudo isso se deve ao fato de seus livros serem bem levinhos, romances desses quase adolescentes, cheios de sonhos e histórias bonitas com final feliz, perfeitos pra dar um break entre um livro hard e outro.
Diferente de tudo o que eu narrei acima, ‘Um Caso Perdido’ é uma história densa e cheia de reviravoltas nada previsíveis, com alguns personagens pesados e com personalidades diferentes, o que torna tudo mais interessante.
O livro ainda é um clichê, mas passa bem com uma história que prende e traz outros assuntos a tona, dentro de um universo sempre tão envolto a ilusões adocicadas demais.

‘No País Das Últimas Coisas’ – Paul Auster
Editora: Record
Sinopse:‘Esta é a história de Anna Blume e da sua jornada em busca do irmão desaparecido numa cidade sem nome. Mas tal como a cidade, a sua tarefa está condenada. A cidade transformou-se num campo de batalha onde imperam a miséria, violência e a selvajaria. Todos procuram algo ou alguém que desapareceu. Todos lutam para suprir a fome: no sentido literal, uma vez que os alimentos são escassos; e fome também no sentido abstracto, pois os últimos resquícios de humanidade impelem os cidadãos a procurar o amor e a partilha de linguagem e significado. Através da solidão de Anna, Paul Auster conduz-nos a um mundo indeterminado e devastado no qual o eu desaparece entre os horrores a que o lento apagar da moral humana conduz. Não se trata apenas de um mundo imaginário e futurista – mas de um mundo que reflecte o nosso e, ao fazê-lo, lida com algumas das nossas mais sombrias heranças. Nesta visão apocalíptica de uma cidade despojada da sua humanidade, pulsa um inesquecível romance sobre a condição humana. Uma das obras mais emblemáticas de Paul Auster. É assim que as coisas funcionam na cidade. Sempre que julgamos conhecer a resposta a uma pergunta, descobrimos que a pergunta não faz sentido.’
O que eu achei: 
Indicação da @karlabassi (sigam o #Instagram dela, é cheio de dicas de livros!), o começo foi difícil, pela forma como o livro é escrito, tudo porque Paul Auster não nos ambienta em sentido nenhum, pelo contrário, vai o fazendo conforme os capítulos vão passando, o que pode deixar o inicio um pouco desinteressante, mas que dá uma forma muito mais genuína de descoberta a cada novo aspecto que é incorporado a trama.
Anna é uma sobrevivente e isso, aliado ao tom pessoal de sua narrativa, me fez sentir uma empatia quase instantânea por ela.
O livro é bem moderno, falar de caos num futuro não tão distante, nos deixa com uma visão de como o mundo muda o tempo todo e de como nós somos diretamente responsáveis pelos nossos próprios problemas diários.

‘Pequenas Grandes Mentiras’ – Liane Moriarty
Editora: Intrinseca
Sinopse:‘odos sabem, mas ainda não se elegeram os culpados. Enquanto o misterioso incidente se desdobra nas páginas de Pequenas grandes mentiras, acompanhamos a história de três mulheres, cada uma diante de sua encruzilhada particular.
Madeline é forte e passional. Separada, precisa lidar com o fato de que o ex e a nova mulher, além de terem matriculado a filhinha no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline, parecem estar conquistando também sua filha mais velha. Celeste é dona de uma beleza estonteante. Com os filhos gêmeos entrando para a escola, ela e o marido bem-sucedido têm tudo para reinar entre os pais. Mas a realeza cobra seu preço, e ela não sabe se continua disposta a pagá-lo. Por fim, Jane, uma mãe solteira nova na cidade que guarda para si certas reservas com relação ao filho. Madeline e Celeste decidem fazer dela sua protegida, mas não têm ideia de quanto isso afetará a vida de todos.
Reunindo na mesma cena ex-maridos e segundas esposas, mães e filhas, bullying e escândalos domésticos, o novo romance de Liane Moriarty explora com habilidade os perigos das meias verdades que todos contamos o tempo inteiro.’
O que eu achei: 
Não havia como ter um timing melhor com esse livro. Por pura coincidência, descobri que a série, inspirada no mesmo, estreou na HBO no último domingo (19/2), então, já consegui ter uma ideia dos rostos das personagens, graças aos cartazes.
Logo de cara o livro me fez perceber, como nos acostumamos com um tipo de leitura. Como eu vinha lendo muitas obras com poucos personagens, me peguei confusa no inicio da trama, mas logo me situei.
Vale começar falando que só o que o livro proporciona é uma trama incrível. Com personagens que cativam e aguçam a curiosidade a cada capítulo, a história é cheia de sutis dicas sobre um universo de descobertas entre mulheres que tem estilos de vida muito parecidos, mas ao mesmo tempo muito diferentes.
Vale a pena pra quem busca uma trama envolvente, cheia de nuances e com uma narrativa excelente.

*

Ficou curiosx sobre algum dos livros?
Já leu algum deles?
O que achou?

Me conta tudo nos comentários!

beijos♥

Anúncios

4 comentários sobre “Lidos: Os livros de Fevereiro!♥

  1. Não terminei de ler nenhum dos livros que começou o ano comigo. Que vergonha! Pra variar, não conheço esses que você resenhou. Deles, me interessei mais por O Culpado, acho que pela temática mesmo… Mas quero mesmo é comentar que vi aqui do lado que você está lendo Melancia (tá atualizado isso?). Li há alguns anos e lembro de ter achado divertido e gostosinho de ler. Desses livros que me valeram a pena para quebrar a sequência de leituras mais densas!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Amiga, COMO VOCÊ LEU!!!! Nossa, cada livro legal! Gostei bastante porque alguns envolvem mistério, tipo de enredo que adoro! Fiquei com vontade de ler Pequenas Grandes Mentiras, a série da HBO me interessou bastante! :)
    Desculpa minha ausência, estava com problema no navegador, mas agora (acho que) foi resolvido!
    Xero

    Curtir

Conta pra mim o que você achou?!♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s