Filmes Assistidos! #29

Depois de meses a fio me dedicando a série atrás de série, FINALMENTE consegui dar um tempo e ver alguns filmes que estavam na minha lista.
Logo, esse apanhado tem filmes novos, filmes antigos, filmes que tinha começado e parei no meio por algum motivo qualquer, indicações de amigos, indicações da Netflix, enfim… Filmes para todos os gostos e minhas opiniões sobre.

Legenda de Classificação
☆☆ – Bom, mas não assistiria de novo;
☆☆☆ – Bom;
☆☆☆☆ – Muito bom;
☆☆☆☆☆ – Já quero na coleção! ♥
(Todas as sinopses são pelo ‘Adoro Cinema’).

O Padrasto (2009)

Sinopse: ‘Após passar um tempo estudando em um colégio militar, Michael (Penn Badgley) descobre que sua mãe, Susan (Sela Ward), está morando com seu novo namorado, David Harris (Dylan Walsh). Ela parece profundamente envolvida com seu novo amor e demonstra estar feliz com o relacionamento. Entretanto, quanto mais Michael conhece David, mais ele passa a suspeitar das verdadeiras intenções de seu novo padastro.’
Estrelinhas: ☆☆
O filme e o enredo: O longa tem aquela famosa fórmula do sucesso: uma história de suspense convencível, um mocinho protetor e um psicopata carismático, mas o enredo do longa se perde e a trama acaba sem força, deixando a desejar em muitos quesitos, mas especialmente no encerramento.
O elenco: Ninguém convence muito, mas Penn Badgley (o eterno Dan de ‘Gossip Girl’) está especialmente fraco na atuação do longa, junto com Amber Heard (lembramos dela de ‘Quebrando Regras’), um casal estereotipado e meloso, que não acrescenta nada a trama.
Considerações finais: O tipo de filme que começa entregando o final, ‘O Padrasto’ não traz nenhuma surpresa, nem em seu formato, nem em suas atuações.
Onde assistir? ‘O Padrasto’ 
está disponível no Netflix!

Amanda Knox (2016)

Sinopse: ‘A estadunidense Amanda Knox chega em Perugia, Itália, para começar em setembro suas atividades como intercambista. A jovem de 20 anos de idade logo conhece sua colega de quarto, a britânica Meredith Kercher. O ninguém esperava é que ambas se envolveriam em um crime tão brutal.’
Estrelinhas: ☆☆
O filme e o enredo: O documentário que conta a história do assassinato da colega de quarto de Amanda, conta com os depoimentos interessantes e verdadeiros das equipes que trabalharam no caso, além da própria acusada, seu namorado também acusado e familiares de ambo.
Além disso é muito bem montado, tem uma fotografia que retrata bem o local do crime e faz jus a comoção que o caso causou.
O elenco:
Considerações finais: Vale pela montagem, pela curiosidade do caso e pelas imagens incríveis dos ambientes em que se fazem as passagens do documentário. 
Onde assistir? ‘Amanda Knox’ 
está disponível no Netflix!

Já Estou Com Saudades (2015)

Sinopse: ‘Jess (Drew Barrymore) e Milly (Toni Collette) são melhores amigas desde a infância. Enquanto Milly se casou, teve dois filhos e construiu uma carreira de sucesso, Jess decidiu levar uma vida pacata ao lado do marido Jago (Paddy Considine). Após se submeter a um tratamento, Jess enfim consegue engravidar. Mas a notícia vem justamente quando Milly descobre ter câncer de mama e precisa passar por quimioterapia, o que necessitará do apoio não apenas da amiga, mas de toda a família.’
Estrelinhas: ☆☆☆
O filme e o enredo: Comecei a assistir o longa a um tempo atrás, mas senti que não estava preparada para a possível avalanche de sentimentos que ele poderia trazer e estava certa.
O roteiro é super bem trabalhado. Contar a história de duas melhores amigas passando por dois momentos tão distintos de suas vidas foi, de forma delicada, escrito com cautela, carinho e uma produção cheia de diálogos ricos e afiados.
O entrosamento entre toda a equipe resulta em um longa doce, sutil e emocionante.
O elenco: Toni Collette (‘O Sexto Sentido’) está, com certeza, em um dos seus melhores papéis. Ela e Drew Barrymore (‘As Panteras’) demonstram um entrosamento e uma intimidade que tornam o filme natural, sem o over-acting que vemos tantas vezes.
Além delas, destaque para Dominic Cooper (‘Um Álibi Perfeito’) que se sai muito bem no drama.
Considerações finais: O longa é tocante. Com uma história emocionante e bem construída, retrata com sucesso o significado de amizade na vida adulta e dá o tom com os personagens adjacentes.
Onde assistir? ‘Já Estou Com Saudades’ 
está disponível no Netflix!

3096 Dias (2012)

Sinopse: ‘O filme é baseado na história real de Natascha Kampusch, que foi raptada e mantida em cativeiro entre os anos de 1998 e 2006. Capturada em uma rua de Viena aos dez anos, o longa narra sua vida ainda em liberdade, passando pelo período de isolamento completo do mundo exterior, onde sofreu abusos físicos e psicológicos, até o momento de sua fuga e readaptação a vida em sociedade.’
Estrelinhas: ☆☆☆
O filme e o enredo: O longa é bem montado e, por contar uma história real, um pouco pesado para o espectador.
Achei interessante o fato da relação de dependência entre Natascha e seu sequestrador ser apresentada como algo dúbio, muito verossímil, por se tratar de uma menina de 10 anos.
O elenco: Antonia Campbell-Hughes (‘Alberto Nobbs’) se saí incrivelmente bem no papel e tem uma sintonia muito boa com Thure Lindhardt (‘Velozes e Furiosos 6’).
Considerações finais: A história é triste e tocante. Vale pra quem gosta de longas inspirados em histórias reais.
Onde assistir? ‘3096 Dias’ 
está disponível no Netflix!

Onde Os Fracos Não Tem Vez (2008)

Sinopse: ‘Texas, década de 80. Um traficante de drogas é encontrado no deserto por um caçador pouco esperto, Llewelyn Moss (Josh Brolin), que pega uma valise cheia de dinheiro mesmo sabendo que em breve alguém irá procurá-lo devido a isso. Logo Anton Chigurh (Javier Bardem), um assassino psicótico sem senso de humor e piedade, é enviado em seu encalço. Porém para alcançar Moss ele precisará passar pelo xerife local, Ed Tom Bell (Tommy Lee Jones).’
Estrelinhas: ☆☆☆☆
O filme e o enredo: O longa, vencedor de 4 Oscars, não havia cruzado meu caminho até conversar com uma amiga sobre Javier Bardem.
Então, com a MEGA indicação dela, peguei o longa no Netflix e QUE FILMAÇO!
A história é bem desenvolvida, a produção bem feita, bem realista e a direção apela para o estilo contra over-acting, o que me agrada DEMAIS.
O enredo é tenso e não acho que seja um filme pra qualquer um, porque trás violência e uma frieza muito latentes, mas é incrível pra quem busca um longa que prende e envolve.
O elenco: Javier Bardem (‘Operação Skyfall’) está, claramente, no melhor papel da sua carreira. Ao seu lado, Josh Brolim (‘Refém da Paixão’) também se mostra um ator impecável. Ainda dá pra contar com Tommy Lee Jones (‘Men in Black’) e Woody Harresolson (um dos meus atores favoritos!).
Considerações finais: O longa é visceral, desses que mechem com nossos nervos e que carregam uma história tensa e agitada. Maravilhoso.
Onde assistir? ‘Onde Os Fracos Não Tem Vez’ 
está disponível no Netflix!

Audrie & Daisy (2016)

Sinopse: ‘Em duas cidades de locais diferentes dos Estados Unidos, duas adolescentes são vítimas de estupro em uma festa em que são dopadas por garotos que consideravam seus amigos. Após a violência, elas são assediadas virtualmente, e a depressão e a vergonha as encaminham para o suícidio, e tragicamente, uma delas morre. Audrie & Daisy explora a perspectiva dos adolescentes e suas familias, incluindo os meninos envolvidos e as garotas dispostas a falar publicamente pela primeira vez.’
Estrelinhas: ☆☆☆☆
O filme e o enredo: O documentário original do Netflix aborda as duas histórias com panoramas parecidos, com o intuito proposital de mostrar os desfechos distintos, o que trás uma reflexão importante por trás.
O elenco: –
Considerações finais: Vale pela voz que o longa trás, pela exibição de um lado obscuro e machista da sociedade e pela visibilidade ao que realmente é importante dentro do tema.
Onde assistir? ‘Audrey & Daisy’ 
está disponível no Netflix!

*

Assistiram algum dos longas acima? Tiveram a mesma opinião que eu?
Me conta tudo nos comentários.
Vamos conversar!

beijos♥

Anúncios

4 comentários sobre “Filmes Assistidos! #29

  1. Apenas reparando aqui que todos os filmes estão no Netflix. OU SEJE. akjsdhaksdhaks
    Você assistiu Já estou com saudades!! /o/ É muito legal esse.
    Bom saber que o padrasto não é bom, porque o Netflix fica me recomendando ele toda hora. ¬¬
    Esse último eu comecei a ver esses dias, preciso terminar. Esse assunto mexe DEMAIS comigo, acabo ficando depressiva, então tenho que assistir em momentos que eu estou bem! kjasdhakjsdh

    Curtido por 1 pessoa

  2. […] Onde os Fracos Não Tem Vez Sinopse: ‘Texas, década de 80. Um traficante de drogas é encontrado no deserto por um caçador pouco esperto, Llewelyn Moss (Josh Brolin), que pega uma valise cheia de dinheiro mesmo sabendo que em breve alguém irá procurá-lo devido a isso. Logo Anton Chigurh (Javier Bardem), um assassino psicótico sem senso de humor e piedade, é enviado em seu encalço. Porém para alcançar Moss ele precisará passar pelo xerife local, Ed Tom Bell (Tommy Lee Jones).’ Minha resenha […]

    Curtir

Conta pra mim o que você achou?!♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s