Aleatoriedades! #8

(Esse é um bate-papo ~sincerão~).
Minhas férias acabaram, a vida voltou ao normal e muitas reflexões foram feitas do lado de cá.

É estranho como um período pequeno fora da rotina, muda nossas perspectivas, né?

Antes de chegar agosto, estava a todo vapor: trabalhando como nunca, fazendo 3 cursos simultaneamente, dedicada e focada no blog e ainda dando conta de viver a vida pessoal, ler vários livros e assistir filmes e séries a toda a potência.
Só ‘desacelerando’ percebi quantos pratinhos estava conseguindo girar ao mesmo tempo. E isso é muito legal? Sim!
Mas também é importante perceber o quanto acabamos por fazer as coisas no modo ‘automático’. O quanto somos carregados pelo dia-a-dia para o lado prático e, muitas vezes, sem emoção da vida.
Claro que não critico quem ama rotina ou quem adora ter sua agenda cheia e cronometrada, mas é difícil pensar em como fugimos do ‘acaso’ por uma simples falta de tempo, ou porque estamos imersos em prazos, datas e horários.

Não fiz nada de muito incrível nestas férias, mas dei um pulo na praia, vi alguns bons filmes, comecei a rever ‘Gilmore Girls‘ e dormi. Dormi bastante.
O que significa isso? Simplesmente que fiz o que eu tinha vontade. Sem horários, sem agenda. Só eu e minhas horas livres a toa, por uma escolha própria.

Trago essa reflexão e uma bagagem de alguém que (juro!) está tentando voltar com o ritmo intenso de posts e coisas legais de antes.
Não teve #BEDA, mas depois de pensar e ponderar muito, decidi fazer um especial BEM legal pro mês que vem (conto tudo pra vocês EM BREVE!)

*

NO MAIS…
Vamos conversar!

Me contem aqui embaixo o que tem rolado de bom por aí, se tem algum livro legal ou filme/série imperdível pra eu assistir e tudo o mais de legal que quiserem me indicar!

tumblr_mk1q78tzb31qjxvn6o1_500
(GIF fofo pras migas perdoarem minha ausência ♥)

Anúncios

7 comentários sobre “Aleatoriedades! #8

  1. Eu penso muito nessa questão de ser carregado pela rotina. Por um lado, vejo como isso pode me ser essencial, para me livrar dos males da cabeça vazia. Por outro, vejo como – para além dos meus dramas pessoais – estar preso a uma rotina se tornou uma parte tão cruel das nossas vidas. Acho que todo mundo tem vontade de ser mais livre. Tem gente que consegue sempre. Tem gente que consegue às vezes, como eu já consegui. Mas, vez ou outro momento, penso que essa rotina está associada a ter o que fazer da vida (leia, um meio de se manter e ser útil) e ficar fora dela – que não seja por férias – pode ser assustador. Entende? São pensamentos que se alternam e se misturam. Em meio a essa confusão toda, espero conseguir me libertar mais vezes e sempre fazer isso sem qualquer peso.

    No mais, esse mês praticamente tudo o que eu fiz se resume a Olimpíadas e jobs relacionados. Então, não tenho nada para indicar :/ Além das músicas do blog hahaa

    Curtido por 2 pessoas

  2. Verinha, essa questão que você citou aí é muito frequente na minha vida. No meu caso, se eu não seguir bem uma rotina, é impossível: atraso TUDO e acabo tendo que me esforçar mais no outro dia para compensar. É muito cansativo, pois acabo sendo o tipo de pessoa que faz quase tudo por obrigação, vivendo os dias igual um robô.
    Então, o que posso fazer é deixar alguns horários livres durante o dia para mim (mesmo que pouco!). Nessas horas, tento me dedicar a fazer algo que realmente queira, e me concentro apenas nisso!
    Acho que moderação é a chave né?
    Ah, tenho uma série pra indicar: Marcella. Gostei bastante dela!
    Xero grande!

    Curtido por 1 pessoa

Conta pra mim o que você achou?!♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s