Dos Poemas Favoritos: ‘Eu Escrevi Um Poema Triste’

Eu escrevi um poema triste
E belo, apenas da sua tristeza.
Não vem de ti essa tristeza
Mas das mudanças do Tempo,
Que ora nos traz esperanças
Ora nos dá incerteza…
Nem importa, ao velho Tempo,
Que sejas fiel ou infiel…
Eu fico, junto à correnteza,
Olhando as horas tão breves…
E das cartas que me escreves
Faço barcos de papel!

*

QUINTANA, Mário – ‘Eu Escrevi Um Poema Triste’ – Publicado 1989 em ‘A Cor do Invisível’

Anúncios

10 comentários sobre “Dos Poemas Favoritos: ‘Eu Escrevi Um Poema Triste’

  1. Tão bom relembrar do saudoso Mario Quintana! Tem uma frase que moldurei para a vida – “A preguiça é a mãe do progresso. Se o homem não tivesse preguiça de caminhar, não teria inventado a roda.” Demais Vera!!

    Curtido por 1 pessoa

Conta pra mim o que você achou?!♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s