5 motivos: ‘Orange Is The New Black’ (#BEDA3)

Começo esse post com uma pergunta simples: Por que séries mexem tanto com a gente?!
Como sei que é impossível responde-la sem parecer insano moralmente, decidi deixar a pergunta pra lá e fazer uma outra.
O que você tá esperando pra parar o que estiver fazendo e ir correndo assistir ‘Orange Is The New Black’, hein?!
Orange-Is-The-New-Black-Cast-Background-Season-2

A série criada e produzida pelo Netflix, baseada no livro de Piper Kerman, que aborda sua experiência na prisão, caiu logo nas graças do público, mas confesso que demorou um pouco para cair nas minhas pelo simples fato de ter lido muito sobre o sucesso, mas não ter tido nenhum contato com alguém que assistisse a série.
O enredo é simples: Piper Chapman é condenada a 15 meses de prisão por ter transportado dinheiro originário de uma transação envolvendo o cartel de drogas em que sua ex-namorada, Alex Vause, trabalhava.
A partir daí, todas as histórias dos outros personagens, em especial, as outras detentas, ganham destaque e passam a ser contadas de uma forma nada linear, o que torna a série ainda mais interessante.

Então, sem mais blá blá blá, vamos aos 5 motivos que vão fazer você correr pra amar as detentas de ‘Orange Is The New Black’.

1
De primeira!
Já falei NESSE POST sobre o ‘Teste de Bechdel‘, agora, adivinhem só quem passa COM LOUVOR nele? Sim senhoritas, ‘Orange Is The New Black’ passa com 5 estrelinhas no teste por vários motivos, mas o principal deles: é uma série DOMINADA por mulheres, que reflete muitas vezes, nossos problemas e nosso ponto de vista de lidar com a bagunça toda. Além de ser uma série que mostra que TUDO com sororidade fica mais fácil e melhor!

2
Vejam (e guardem esse nome): Laverne Cox.
Se você não sabe de quem eu tô falando, aí vai. Laverne foi a primeira atriz transgênero a ser indicada ao Emmy, também foi a primeira transgênero na capa de uma revista (nesse caso, ‘People‘), Laverne também é colunista sobre a transsexualidade em um dos maiores veículos do mundo, o ‘Huffington Post’ e Laverne faz parte do time de ‘OITB’.
Na série, Laverne é Sophia Burst (e antes dela, Marcus), um policial casado e com um filho que opta pela mudança de gênero, exatamente como a atriz na vida real.
Agora imaginem a complexidade e a grandiosidade dessa personagem tão profunda, interpretada por alguém que teve a experiência real disso?! É só incrível.

3
Nem tudo são flores.
Outra grande característica da série é ela não vitimizar as histórias, ou mostra-las como inocentes, e sim mostrar que não importa o porque, todo mundo tem uma vida e um legado por trás de tudo o que acontece como consequência. Os textos e quotes são geniais e emocionam DE VERDADE.

4
A amizade da Poussey com a Tastee.
Nossa, mas uma amizade é motivo pra eu assistir a série?‘. É sim!
Todas a tiradas, os diálogos e a sintonia que as duas mostram juntas, exemplifica a lealdade que pode existir não apenas na cadeia, mas NA VIDA.
Mostra que a amizade (especialmente entre mulheres), não precisa ser movida a competições e disputas. O que significa que, mais uma vez, a sororidade está presente na série.

5
Senso de realidade
Fora todas as histórias contadas, a série ainda consegue retratar a realidade de muitas prisões pelo mundo. Um exemplo é a relação entre os guardas e as detentas, a grande ‘hierarquia’ entre elas mesmas e toda a opressão que elas sofrem durante o período que passam cumprindo pena, muitas vezes, injustamente.

Além de uma série premiada, ‘Orange Is The New Black’ é uma série completa, tocante e cheia de emoção.
Vale muito a pena acompanhar!

Se você já assiste, me conta abaixo o que acha, se vai começar, também me conta o que achou!
Beijos!♥

Anúncios

15 comentários sobre “5 motivos: ‘Orange Is The New Black’ (#BEDA3)

  1. Comecei assistir e acho que parei no terceiro episódio… Não curti muito a relação da Piper com a Alex. Me pareceu que Alex só estava usando-a. O noivo da Piper é simplesmente irrelevante para a história. E a briga da Red com aquelas piruas também foi bem tosca, coisa que adolescente faria e não uma mulher adulta.
    Enfim, comecei assistir porque ouvi muita indicação na net… Mas não é o meu estilo.
    Beijos.

    Curtir

    • Lena, se eu te contar que você não é a primeira pessoa que me fala isso, acredita?!
      Eu tive esse mesmo feedback de duas ou três amigas, mas insisti pra elas tentarem passar esses primeiros ep’s da primeira temporada.. Então, te dou essa dica: insiste mais um pouquinho, pq vale a pena!

      Adorei seu cometário!
      Obrigada pela visita!
      beijos

      Curtido por 1 pessoa

Conta pra mim o que você achou?!♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s