Filmes (do Netflix) Assistidos (no feriado)! #13

Já contei nesse post AQUI do que se trata esse ‘Filmes Assistidos’ ~Especial Netflix~.
Deixei pra essa segunda parte da lista, os filmes que mais gostei dentre os que assisti!
Então, se você tá curiosx, é só anotar as dicas!

Como já tinha dito, conforme for assistindo e classificando (Agora de 2 a 5 estrelinhas, já que nunca consigo dar uma só!) (:
Legenda:
☆☆ – Bom, mas não assistiria de novo;
☆☆☆ – Bom;
☆☆☆☆ – Muito bom;
☆☆☆☆☆ – Já quero na coleção! ♥

(Todas as sinopses são pelo ‘Adoro Cinema’).

Clube dos Cinco (1985)

Sinopse: ‘Em virtude de terem cometido pequenos delitos, cinco adolescentes são confinados no colégio em um sábado, com a tarefa de escrever uma redação de mil palavras sobre o que pensam de si mesmos. Apesar de serem pessoas completamente diferentes, enquanto o dia transcorre eles passam a aceitar uns aos outros, fazem várias confissões e tornam-se amigos.’
Estrelinhas: ☆☆☆
O filme e o enredo: Depois que assisti ‘A Escolha Perfeita’, fiquei animada pra ver ‘Clube dos Cinco’, mas deixei pra lá. Então, como o Netlfix é cheio de clássicos, quando ele pintou na frente só consegui dar o play.
Achei que o longa retratou muito bem a realidade do que acontecia com os jovens nos anos 80, mesmo se passando em apenas uma tarde. A forma como se desenrola mostra muito como eram encarados todos os dilemas da juventude naquela época.
O elenco: Por incrível que pareça, mesmo fazendo alguns papéis na TV e no cinema, nenhum dos atores desenvolveu grande carreira. Ainda assim, estão todos cumprindo muito bem seus papéis dentro do filme.
Considerações Finais: Vale pra dar aquele ‘check’ na lista de filmes assistidos. Um entretenimento legal mesmo!

O Jogo da Imitação (2015)

Sinopse: ‘Durante a Segunda Guerra Mundial, o governo britânico monta uma equipe que tem por objetivo quebrar o Enigma, o famoso código que os alemães usam para enviar mensagens aos submarinos. Um de seus integrantes é Alan Turing (Benedict Cumberbatch), um matemático de 27 anos estritamente lógico e focado no trabalho, que tem problemas de relacionamento com praticamente todos à sua volta. Não demora muito para que Turing, apesar de sua intransigência, lidere a equipe. Seu grande projeto é construir uma máquina que permita analisar todas as possibilidades de codificação do Enigma em apenas 18 horas, de forma que os ingleses conheçam as ordens enviadas antes que elas sejam executadas (…)’
Estrelinhas: ☆☆☆☆
O filme e o enredo: Que filme incrível. Sério! Não encontrei nada menos que maravilhoso em tudo. A produção é MUITO bem executada, a direção é demais, o enredo era difícil, mas dentro do filme se tornou algo leve, uma história linda, triste e muito complicada de ser contada, mas que foi transmitida com uma segurança surpreendente. Achei o longa impecável.
O elenco: O que dizer de Benedict Cumberbatch? Para quem o viu em ‘Álbum de Família‘ (tem resenha aqui no blog!), não foi surpreendente vê-lo DESTRUINDO NOSSOS CORAÇÕES NOVAMENTE neste longa. Posso estar me precipitando porque ainda não assisti ‘A Teoria de Tudo‘, mas terminei o filme pensando em o por que dele ter pedido o Oscar para Eddie Redmayne.
Além dele (que está realmente incrível), Keira Knightley (ela também concorreu ao Oscar, mas sem chance ao lado de Julianne Moore) e Matthew Goode dão o aparato certo e necessário para que a trama desenrole como merecido.
Considerações Finais: O longa foi super indicado ao Oscar (e inclusive levou uma estatueta pra casa) merecidamente. A trama é bem produzida, o enredo é forte, o elenco é excepcional e fica ainda melhor por ser inspirado em fatos reais.

Possessão (2012)

Sinopse: ‘Clyde (Jeffrey Dean Morgan) e Stephanie Brenek (Kyra Sedgwick) estão separados, mas conseguem se relacionar para o bem das duas filhas do casal. Quando ele compra uma casa nova, sua filha mais nova Em (Natasha Calis) o convence a comprar algumas coisas para lá, entre elas, uma caixa de madeira muito bem trabalhada e ao mesmo tempo misteriosa, que não se pode abrir. Encantada pelo artefato, a jovem descobre como se abre, passa a ouvir vozes e, em seguida, estranhos acontecimentos começam a acontecer na casa. Desconfiado do comportamento da caçula, totalmente diferente, ele conversa com a ex que não dá ouvidos e eles começam uma nova crise (…)’
Estrelinhas: ☆☆☆
O filme e o enredo: Se você tá pensando que esse é mais um filme de terror cliché, acertou. Ainda assim, a história é interessante e não abusa da licença poética do gênero pra cair na mesmice ou nos exageros habituais.
O elenco: Achei que Jeffrey Dean Morgan (aquele que parece muito o Javier Bardem mas não é!) seria o protagonista sozinho, mas preciso destacar a atuação de Natasha Calis como Em.
Considerações Finais: Um terror bom pra quem não é fã do gênero, com uma produção bacana, sem grandes falhas nem no enredo, nem na produção.

Para Sempre Alice (2015)

Sinopse: ‘A Dra. Alice Howland (Julianne Moore) é uma renomada professora de linguistica. Aos poucos, ela começa a esquecer certas palavras e se perder pelas ruas de Manhattan. Ela é diagnosticada com Alzheimer. A doença coloca em prova a a força de sua família. Enquanto a relação de Alice com o marido, John (Alec Baldwinse), fragiliza, ela e a filha caçula, Lydia (Kristen Stewart), se aproximam.’
Estrelinhas: ☆☆☆☆
O filme e o enredo: O que a principio parecia, ao meu ver, mais uma história sobre Alzheimer, se torna uma grata surpresa com reflexão sobre nossas próprias vidas e lembranças.
A primeira coisa que me chamou atenção nesse filme é como ele é detalhista e cuidadoso. A fotografia orna em todas as tonalidades usadas em cada fase da personagem, algo realmente impressionante e que te faz sentir o clima de cada uma das etapas do doloroso, mas retrato com beleza, processo da doença.
O elenco: Julianne Moore é rainha (e vencedora do Oscar), né mores?! A surpresa mesmo ficou por conta de Kristen BELLA SWAN Stewart que está (pasmem) em seu melhor papel como Lydia.
Considerações Finais: O filme é lindo, ao mesmo tempo em que é triste, intenso e delicado sem ser massante. Muito bem dirigido e produzido, com um elenco excelente.

The Babadook (2015)

Sinopse: ‘Seis anos já se passaram desde a morte de seu marido, mas Amelia (Essie Davis) ainda não superou a trágica perda. Ela tem um filho pequeno, o rebelde Samuel (Noah Wiseman), e tem dificuldades para amá-lo. O garoto sonha diariamente com um monstro terrível e ao encontrar um livro chamado “The Babadok” reconhece imediatamente seu pesadelo. Certo de que Babadok deseja matá-lo, o menino começa a agir irracionalmente, para desespero de Amélia.’
Estrelinhas: ☆☆☆
O filme e o enredo: Quando fiquei com vontade de assistir o longa, confesso que esperava algo TOTALMENTE diferente.
O trailer exibe um filme de terror, com grandes doses de sustos, mas a realidade é que ele vai muito além disso. Mesmo se tratando sim de um filme de ~medo~, o tema central e a forma com que a história é contada me deixa muito confortável para dizer que é uma metáfora do que é a vida e me fez refletir sobre como algumas pessoas encaram seus medos e anseios.
O elenco: Enxuto é a palavra. Essie Davis e o pequeno, Noah Wiseman são as duas grandes estrelas do longa, mas estão muito bem em seus respectivos papéis.
Considerações Finais: Achei o filme surpreendente e muito bem feito, ele conta com a atmosfera perfeita para contar a história que é proposta.

*

Espero que vocês tenham curtido as dicas!
Se você já assistiu algum deles, me conta aqui embaixo o que achou!

Beijos♥

Anúncios

8 comentários sobre “Filmes (do Netflix) Assistidos (no feriado)! #13

  1. VAMOS CONVERSAR AQUI MIGA:
    1- tbm fiquei super curiosa com “Clube dos Cinco” quando vi “A Escolha Perfeita” e agora vc me deu mais um gás pra isso, hehe
    2-vou nem comentar os de terror pq eu só assisto em momentos de loucura
    3- Para Sempre Alice eu fiquei com vontade quando tava na época do Oscar e tals, mas agora vamos adicionar mais um filme à lista né, mores?
    4- MENINA, eu tava carregando “O Jogo da Imitação” mas acabou q fiquei com preguiça e estou me perguntando como estamos conectadas,PRFVR! E ó, só esclarecendo: ASSISTA A TEORIA DE TUDO E MUDE ESSE PENSAMENTO! Que filme lindo, cheio de detalhes, amorzinho e mesmo acontecendo todas as coisas, vc acha tudo lindo com tanto sentimento bo, sabe?
    enfim, fique com esse ALERTA DE TEXTAO bjs de luz

    Curtido por 1 pessoa

  2. aahh, adorei possessão, até chegar no final ahhahahha o mesmo que eu sempre sinto com filmes deste genero!
    adorei a lista, to muito afim de assistir Para Sempre Alice e sempre ponho no netflix mas desisto antes mesmo de começar *whyyyyyyyyyy* mas fiquei com mais vontade ainda de ver agora, principalmente porque tem bons atores :( verei, verei! hahah
    beijinho, Lê

    Curtido por 1 pessoa

  3. Preciso muito assistir ‘Para sempre Alice’. Estou com o livro em casa para ler, mas estou super ansiosa para ver o filme.

    Me culpo por não tirar mais tempo para ver filmes, minha lista cresce cada dia mais!
    Beijinho.

    Curtido por 1 pessoa

Conta pra mim o que você achou?!♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s