#52 Álbuns Para Ouvir em 2015: Para Dançar Como Se Ninguém Estivesse Vendo

Pra começar já vou avisar que se você quiser acompanhar todos os posts desse desafio, é só fazer a busca com: #desafio52albuns. E que ele foi proposto nessa blogagem aqui pela Vic, do Borboletando!

Sou dessas que fiquei super em dúvida de que álbum escolher para esse tema.
Procurei no meu player diário, em playlist’s alheias, pensei nas músicas que eu mais gosto de dançar desde sempre e mesmo assim, a dúvida ainda pairava no ar quase palpável.
Depois de oscilar entre o ‘Femme Fatale’ (2011) e ‘Streets Of Gold’ (2010), já tinha um ponto de partida: sou mesmo filha do POP.
Dá comecei a listar e eliminar de N’sync a Hansons, porque tinha que ser mais pro indie-pop, daí eliminei Ecosmith e Florence and The Machine, porque tinha que ser mais pro R&B. Flutuei entre Queen B e Christina Aguilera, até que cheguei nela, e consequentemente nesse álbum.
Meu álbum para dançar como se ninguém estivesse olhando é..

Talk That Talk da Riri!♥

Lançado em 2011, ‘Talk That Talk’ é o álbum que recorda uma vibe anterior da cantora, aquela vibe logo depois do seu retorno, quando ‘Umbrella’ (ella, ella, ê ê ê ♫) não parava de tocar nas rádios desse mundão.
A pegada eletrônica misturada com o estilo de fazer música da cantora, é um coquetel Molotov pras pistas de dança, simplesmente porque mesmo sendo tocadas fora do remix, proporcionam justamente o que o tema diz: que você dance e esqueça que está dançando.

Dá pra começar falando de ‘We Found Love’ que é uma parceria com Calvin Harris, o dj/produtor/gacto desejado e bem pago do mundo da música eletrônica e que rendeu o recorde no Itunes por estar na liderança das paradas em 29 países AO MESMO TEMPO.
Além dela, outros arranjos combinando o estilo de Rihanna, que é esse R&B dançante, com estilos diferentes, renderam outras alucinantes músicas para dançar. É o caso de ‘You Da One’, ‘Where Have You Been’ e ‘Birthday Cake’.

-esse texto do início do vídeo ♥-

Não posso deixar de citar mais uma colaboração incrível que rendeu uma faixa FEITA para descabelar: Jay-Z.
No single que leva o mesmo nome do álbum, o rapper aparece realizando uma dobradinha com Riri e mostrando que a dupla ainda consegue render vários hits e milhões na conta.

Ainda dá pra fazer um menção honrosa, pra falar nas conexões das músicas entre si, em como dá vontade de jogar os braços pro alto e a cabeça pra trás só de ouvir o toquinho de uma das músicas do álbum e em como funcionam bem a sintonia entre os hits dançantes.

4

Pensaram em algum outro álbum pra preencher esse tema do desafio?!
Me conta aqui embaixo!

Beijos♥

Anúncios

3 comentários sobre “#52 Álbuns Para Ouvir em 2015: Para Dançar Como Se Ninguém Estivesse Vendo

Conta pra mim o que você achou?!♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s