A tal história do ~seguro look~ – Um conto sobre auto-estima!

Nunca falei disso, e nem vi necessidade até ME perceber na posição inversa. (E o que me fez abrir os olhos foi esse post aqui!
Coincidentemente há um tempo atrás, para ser mais precisa: no Carnaval, fui pular um bloquinho e decidi que queria fazer um lenço de turbante. Então, minha irmã me perguntou: ‘Vai sair com isso?’ com uma cara que era misto de micação e indidgnação. Tirei o lenço, e fui sem lenço pro bloquinho.
Há muito tempo atrás, quando descobri minha miopia, decidi mandar fazer um óculos no estilo aviador. Não tinha certeza se combinaria com o formato do meu rosto, ou se combinava muito comigo, só sabia que achava lindo e que queria um daquele.
Depois que passei a usar o bendito óculos, passei a ouvir de muita- gente: ‘Nossa, que coragem! Eu não seguro esse look.’ E cada vez mais, a lista de pessoas que insistiam nessa frase –conformada- aumentava.

Mais tarde, parei para pesar a quantidade de coisas que abri/abro mão por conta do tal ~seguro look~. Batom escuro seria o primeiro item da lista. Nunca achei um vermelhão que me fizesse ficar Monroe e decidi nunca usar. O que mudou foi que surpreendentemente, apesar dos vermelhões não ficarem bons, os vinhos escuros (como o bordô + marrom, Cor 2 da Vult) e os uvas (roxos) ficam LINDOS com meu tom de pele! Ainda não consigo usar de dia, porque acho MESMO que não ~seguro o look~, mas a noite, com aquele make pra balada tá rolando!
Outro item que teria entrado nessa lista seriam brincos grandões. Nunca achei que brincos compridos / largos combinassem com meu cabelo (que é cacheado só no comprimento), até o dia que ganhei um todo trabalhado das minhas primas que fica lindo com todas as minha roupas, não importa se com o cabelo solto ou preso. Uso bastante pra sair a noite, acontece que com ele, tenho feito o mesmo esquema dos batons.
Por que falar nisso? Simplesmente porque tenho tentado bravamente acabar com meus bloqueios de segurar ou não um look. Acredito mesmo que tenham itens que combinem mais com minha personalidade e estilo, mas que nem por isso precise (eu ou qualquer um) ficar amarrada a essa história de insegurança e até de costume.
Hoje tenho autonomia e admiro quem tenha pra fazer suas próprias escolhas e elas começam sim, (sem exageros) a partir do momento que escolhe a pessoa que vai ser e a forma de mostrar isso pro mundo é em parte, na roupa que veste.
Essa história de ~seguro look~ aos poucos, vai se disseminar na minha vida COM CERTEZA, e outras dúvida vão aparecer. Cabe a mim fazer o que me faz bem e mudar em uma pequena parcela, os padrões e paradigmas da sociedade. :)

Anúncios

Conta pra mim o que você achou?!♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s